O que é o Feirão da Caixa? Quem pode participar?

Você também sonha em sair do aluguel e conquistar o sonho da casa própria? A maioria dos brasileiros hoje almeja começar a construir um patrimônio e para que isso seja possível existem eventos como o Feirão da Caixa. Se você ainda não conhece, fique atento às informações a seguir, pois esta pode ser a sua chance. Entenda o que você precisa saber e como participar a seguir:

O que é o Feirão da Caixa?

A fim de aumentar a venda de imóveis e de proporcionar a aquisição da casa própria, a Caixa Econômica Federal organiza o evento Feirão da Caixa, em que diversas empresas imobiliárias preparam ofertas exclusivas.

O feirão acontece periodicamente e a expectativa é que ofereça cada vez mais oportunidades para as pessoas. Além disso, é importante ressaltar que o feirão traz condições de compra totalmente diferenciadas no mercado.

Você sabia que pode usar o seu FGTS como entrada para a aquisição do imóvel? Assim como é possível conseguir taxas e juros muito acessíveis, se comparado com outras negociações do mercado. O prazo para pagamento também é confortável para o comprador.

E o Minha Casa Minha Vida?

Por ser um evento organizado pela Caixa Econômica Federal, muita gente acaba o confundindo com o Minha Casa Minha Vida. Ambos representam uma excelente oportunidade para aquisição da casa própria, mas vale lembrar que existem algumas diferenças.

Por exemplo, o minha casa minha vida DF é válido o ano inteiro para determinadas construções. O programa também é dividido em categorias de subsídio, que irão depender da renda familiar dos compradores.

Para participar das inscrições Minha Casa Minha Vida 2021 e conseguir o seu imóvel com as melhores taxas do mercado, você deve estar atento às ofertas para a sua região e se cadastrar pela internet.

Quem pode participar?

O maior objetivo do Feirão é oferecer condições de compra vantajosas para quem não pode arcar com as taxas de mercado na hora de comprar seu imóvel. Assim, o público alvo é aquele que tem renda mediana.

Entretanto, este é um evento aberto e por isso, qualquer pessoa interessada pode entrar e observar as ofertas. O que será diferente são as oportunidades de compra e os juros do financiamento, que depende de cada renda.

Não é necessário uma inscrição prévia, mas caso encontre a sua casa dos sonhos por lá, o ideal é que esteja portando os seguintes documentos: carteira de identidade, certidão de casamento, CPF, cópia da CLT, FGTS, comprovante de renda e Restituição Imposto de Renda 2022.

Você conhece as regras do Bolsa Família?

O programa social mais conhecido do nosso país e que tem ajudado milhares de famílias sair da extrema pobreza, e ao menos ter algo que comer no dia a dia e chamado de Bolsa Família. Esse programa foi introduzido pelo governo Lula ainda em seu mandado como forma de ajudar as famílias mais necessitadas e erradicar ao menos um pouco a pobreza extrema com que o país sofre em determinadas regiões. Como qualquer programa social do governo para receber o auxilio e necessário se enquadrar em algumas regras básicas e preencher os requisitos do mesmo. Então vamos as regras do programa:

Bolsa Família Regras

As regras não são difíceis de seguir, porém e necessário ter atenção para não quebrar nenhuma delas e assim acabar perdendo seu auxílio.

Assim como qualquer programa para receber o benefício a família deverá preencher uma serie de requisitos, mas não se preocupe eles são simples, e explicaremos abaixo quais são. Após preencher esses requisitos a família estará classificada para receber o valor do bolsa família todos os meses, utilizando o cartão bolsa família que lhe será disponibilizado assim que aceito no programa.

  1. A renda per capita da família, não pode exceder o limite de R$ 77,00, ou seja digamos que apenas o pai trabalhe na casa, e que o mesmo possua 3 filhos e mais esposa, então pegamos o salário de pai (o valor do salário) e dividimos por 5, ou seja dividimos pelo número de pessoas que na casa vivem, nesse caso o casal com seus 2 filhos, se o resultado disso for até R$ 77,00 reais, essa família possui o direito ao bolsa família.
  2. Famílias que são compostas por mães que ainda amamentam ou gestantes o valor da renda e diferente, e consequentemente o coefieciente do cálculo, nesse caso o valor não deverá ultrapassar o montante de R$ 154,00 por membro da família, vamos ao exemplo conforme o anterior, digamos que esse casal com 3 filhos, um desses filhos ainda seja amamentado pela mãe, então o cálculo mudaria, dividiríamos o salário do marido por 5, porém dessa vez se o resultado for menor de R$ 154,00 já se tem direito ao benefício, e não mais R$ 77,00 como no exemplo anterior.
  3. Famílias onde são compostas por adolescentes e crianças com idade limite de até 16 anos, terá direito ao mesmo valor que do exemplo 2, onde a família era composta por gestantes ou nutrizes, ou seja a renda divida pelo número de membros da família que habitam a residência deverá ser entre R$ 77,01 e R$ 154,00 reais.
  4. E para completar famílias com renda per capita abaixo de R$ 154,00 com adolescentes com idade limite de 17 anos.

Como se cadastrar no programa? 

Muitas são as dúvidas de como fazer o Cadastro Bolsa Família 2022, para isso recomenda-se que procure a secretária de assistência social do seu município munido dos seus documentos  e da sua família, lá alguma assistente social irá lhe esclarecer suas dúvidas e informar se sua família assim como milhares tem direito a ajuda do governo.