Amazonas investirá em micro e pequenas empresas

C&T Sistemas Estaduais - BR

O diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), René Levy Aguiar, informou que, até 2018, o a unidade federativa deve investir R$ 8 milhões no apoio às micro e pequenas empresas (MPEs). Os recursos fazem parte de um edital no âmbito do Criatec, programa do Banco Nacional de desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) destinado à capitalização de micro e pequenas empresas inovadoras e garantia de apoio gerencial aos empreendedores.

Os recursos serão liberados por editais. O primeiro deve ser lançado até o início de 2016. De acordo a Fapeam, o aporte será feito por meio de fundos de investimentos. “Ao final [do prazo estabelecido na chamada], segundo a avaliação que fizermos, poderemos participar do fundo de capital dessas empresas apoiadas. É uma experiência exitosa em outros Estados, como Minas Gerais, e há a possibilidade de render bons frutos para a economia do Estado”, disse René Levy Aguiar.


A Fapeam anunciou também os 40 micro e pequenos empreendedores do Amazonas que receberão R$ 50 mil para o desenvolvimento de produtos (bens e/ou serviços) ou processos inovadores que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos no Estado. Os recursos fazem parte do Programa Sinapse da Inovação no Amazonas desenvolvido pelo governo em parceria com a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi).


O programa visa estimular a criatividade e o empreendedorismo por meio de ideias de desenvolvimento de produtos. A operação-piloto do Sinapse da Inovação no Amazonas recebeu 1.188 propostas de ideias inovadoras e contabilizou 2.461 participantes nas equipes inscritas, um recorde nacional. As ideias foram provenientes de 14 municípios do Amazonas.

Dentre os contemplados está Suane de Andrade Viana, graduanda em Tecnologia de Processos Químicos do Instituto Federal de Educação de Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas (Ifam),  que desenvolve a ideia de um negócio de sucesso desde a graduação em um projeto de iniciação científica.


Além das oportunidades ofertadas pelo governo do Estado, a Samsung abrirá, em 10 de dezembro deste ano, o período de inscrições a um edital específico para a Região Norte voltado ao fortalecimento das startups na região.


A Samsung já selecionou oito startups e deve escolher outras três na Região Norte que receberão investimentos anuais de R$ 140 mil. O edital está disponível no site da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec).

Saiba mais sobre a parceria Anprotec e Samsung neste link.

(Agência Gestão CT&I, com informações da Fapeam)