GDF institui política para promover ciência, tecnologia e inovação

C&T Gestão - Gestão

Governo do DF pretende promover CT&I e incluí-la na estratégia de desenvolvimento econômico sustentável - Foto: Agência BrasilGoverno do DF pretende promover CT&I e incluí-la na estratégia de desenvolvimento econômico sustentável - Foto: Agência Brasil

Com o objetivo de promover a ciência, tecnologia e inovação (CT&I) e incluí-la na estratégia de desenvolvimento econômico sustentável, o Governo do Distrito Federal (GDF) instituiu na última semana a Política Distrital de Ciência, Tecnologia e Inovação - Inova Brasília. A iniciativa foi publicada no Diário Oficial do DF.

Entre as finalidades da nova política distrital estão: incentivar um ambiente adequado para a geração de produtos, processos e serviços inovadores; estimular a conversão de produtos, processos e serviços inovadores em modelos de negócios; e estabelecer mecanismos de suporte ao empreendedorismo, à transferência de tecnologias e ao desenvolvimento social e de mercado.

Com o Inova Brasília, é previsto direcionar investimentos nas áreas de agropecuária, sustentabilidade ambiental, ciências sociais e humanas, indústria, saúde humana e animal. Esses setores estratégicos deverão ser desenvolvidos por meio de políticas públicas que envolverão pesquisa básica; desenvolvimento tecnológico; desenvolvimento de produtos, processos e serviços; formação e capacitação de recursos humanos; e a inserção internacional.

Para isso, serão adotadas ações como o fomento do Fundo de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (Fundap) e da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP-DF), a criação de relações com entidades de conhecimento e inovação, a realização de cursos, palestras e eventos na área, criação de prêmios e certificados, e o estímulo à instalação de empresas de base tecnológica no Distrito Federal.

Mais iniciativas

Também foram instituídos pelo decreto o Sistema Distrital de Ciência, Tecnologia e Inovação (SDCTI) e o Fórum de Sustentação da Inovação, que serão coordenados pela Secretaria Adjunta de Ciência, Tecnologia e Inovação, da Casa Civil.

O primeiro será composto por instituições públicas e privadas, bem como por iniciativas, projetos e ações, todos da área de CT&I. Já o fórum deverá deliberar sobre os objetivos definidos pelo Inova Brasília, apresentar sugestões de ações e programas e subsidiar o Conselho de Ciência e Tecnologia do DF (CCT-DF), que é constituído por representantes de entidades da sociedade civil e órgãos do poder público.

(Leandro Cipriano, da Agência ABIPTI)