Parceria entre Brasil e Alemanha em CT&I resultou em 20 projetos sustentáveis

C&T Internacional - Internacional

Em sete anos, a cooperação em ciência, tecnologia e inovação (CT&I) entre Brasil e Alemanha resultou em 20 projetos com a participação de 54 universidades dos dois países e um total de 5,7 milhões de euros envolvidos. A parceria busca, sobretudo, soluções inovadoras para enfrentar os desafios globais relativos à mudança do clima, à preservação da biodiversidade e eficiência energética.

Para discutir essas ações, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a Cooperação Acadêmica entre Brasil e Alemanha (NoPa), conduzida pela Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ), promoveram nesta quarta-feira (15) uma oficina em Brasília (DF).

Entre os projetos de sucesso, encontra-se, por exemplo, o gerenciamento de resíduos sólidos na cidade de Jundiaí (SP), que se concentrou na triagem e na gestão de resíduos para produzir biogás. No âmbito da ação foi inaugurado o "Centro de Pesquisa, Educação e Demonstração na Gestão de Resíduos (CReED Brasil)" para capacitação tecnológica.

"Nosso objetivo é estimular a cooperação entre a ciência e a técnica entre os países em temas como proteção de biodiversidade, manejo de florestas tropicais, energias renováveis e eficiência energética. É a contribuição da ciência para alcançar impactos sustentáveis na cooperação", explicou o diretor do NoPa, Cristoph Büdke.

(Agência ABIPTI, com informações do MCTIC)