C&T Economia

Pequenos negócios geram 389 mil empregos no ano

C&T Economia - Economia

CNI e Apex-Brasil abrem inscrições para missão ao Peru

C&T Economia - Economia

CAE receberá presidente do Banco Central para debate

C&T Economia - Economia

ANP vai reabrir prazo para blocos do pré-sal que não receberem lances no leilão

C&T Economia - Economia

MPEs registram aumento de exportações pelo terceiro ano consecutivo

C&T Economia - Economia

 

A Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) divulgou os dados completos de exportações realizadas em 2016 por porte de empresa. De acordo com as estatísticas, as micro e pequenas empresas (MPEs) foram as únicas que registraram aumento de suas exportações, o que aconteceu pelo terceiro ano seguido.


Em 2016, as exportações das micro e pequenas empresas somaram US$ 2,2 bilhões, um crescimento de 10,6% (ou US$ 218 milhões) em comparação a 2015. Desde 2013, o montante de embarques de produtos de MPEs vem crescendo, passando de US$ 1,7 bilhões (2013) para US$ 1,9 bilhões em 2014 e US$ 2 bilhões em 2015.


Para o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, o crescimento de 10,6% nas vendas externas das micro e pequenas empresas no ano passado deve-se a um conjunto de fatores, entre eles o sucesso do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE). Atualmente, cerca de 6 mil empresas estão cadastradas no PNCE.


Coordenado pelo MDIC, o PNCE reúne iniciativas de instituições parceiras nacionais e estaduais, com o objetivo de aumentar a base exportadora, estimulando a inserção de empresas de pequeno porte no mercado externo. Em 2016, o PNCE foi lançado em 20 unidades da federação, com o apoio de 144 instituições nacionais e estaduais.


Apesar desse crescimento, as grandes empresas ainda concentram 94,1% do valor das exportações brasileiras, que somaram US$ 185,2 bilhões em 2016. A participação das micro e pequenas empresas nas exportações ainda é de apenas 1,2%, mas esse é o maior percentual desde 2008.


O número de MPEs que operam no comércio exterior também cresceu 16% (de 10.920 para 12.671). Com esse aumento, elas passaram a representar 49,6% dos exportadores brasileiros – maior participação desde 2007.


Entre 2015 e 2016, houve um crescimento no número de operadores em todos os portes de empresas, com exceção dos grandes exportadores que reduziram em 2,4% o número de empresas no comércio exterior (de 6.112 para 5.965). Em 2016, 25.541 empresas brasileiras realizaram operações no comércio internacional.


(Agência ABIPTI, com informações do MDIC)


1636 - MPEs registram aumento de exportações pelo terceiro ano consecutivo

A Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) divulgou os dados completos de exportações realizadas em 2016 por porte de empresa. De acordo com as estatísticas, as micro e pequenas empresas (MPEs) foram as únicas que registraram aumento de suas exportações, o que aconteceu pelo terceiro ano seguido.

Em 2016, as exportações das micro e pequenas empresas somaram US$ 2,2 bilhões, um crescimento de 10,6% (ou US$ 218 milhões) em comparação a 2015. Desde 2013, o montante de embarques de produtos de MPEs vem crescendo, passando de US$ 1,7 bilhões (2013) para US$ 1,9 bilhões em 2014 e US$ 2 bilhões em 2015.

Para o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, o crescimento de 10,6% nas vendas externas das micro e pequenas empresas no ano passado deve-se a um conjunto de fatores, entre eles o sucesso do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE). Atualmente, cerca de 6 mil empresas estão cadastradas no PNCE.

Coordenado pelo MDIC, o PNCE reúne iniciativas de instituições parceiras nacionais e estaduais, com o objetivo de aumentar a base exportadora, estimulando a inserção de empresas de pequeno porte no mercado externo. Em 2016, o PNCE foi lançado em 20 unidades da federação, com o apoio de 144 instituições nacionais e estaduais.

Apesar desse crescimento, as grandes empresas ainda concentram 94,1% do valor das exportações brasileiras, que somaram US$ 185,2 bilhões em 2016. A participação das micro e pequenas empresas nas exportações ainda é de apenas 1,2%, mas esse é o maior percentual desde 2008.

O número de MPEs que operam no comércio exterior também cresceu 16% (de 10.920 para 12.671). Com esse aumento, elas passaram a representar 49,6% dos exportadores brasileiros – maior participação desde 2007.

Entre 2015 e 2016, houve um crescimento no número de operadores em todos os portes de empresas, com exceção dos grandes exportadores que reduziram em 2,4% o número de empresas no comércio exterior (de 6.112 para 5.965). Em 2016, 25.541 empresas brasileiras realizaram operações no comércio internacional.

(Agência ABIPTI, com informações do MDIC)

C&T Economia, MPEs, empresas, MDIC, exportações, aumento, registro, terceiro, ano, consecutivo